A COMPREENSÃO DOS MISTÉRIOS Posted on 24 Aug 23:04 , 0 comments

_ 
Há livros que parecem resistir à passagem do tempo.

Obras com ensinamentos universais têm a marca da eternidade. Nelas encontramos o passado, reconhecemos o presente, vislumbramos o futuro e encontramos o eterno agora. Essas são características dos livros que apoiam a evolução humana.

Traduzida ao português pelo Carlos, “Wen-tzu, A Compreensão dos Mistérios” é uma dessas obras de conteúdo atemporal e cuja mensagem visa elevar o ser humano através do despertar ético. Como podemos ler na contracapa do livro: “Seu ensinamento não conhece separações entre teoria e prática, e considera cada cidadão um resumo do seu país e da humanidade.”

Escrito antes da era cristã, o “Wen-tzu” tem suas raízes na sabedoria chinesa, mais precisamente no taoísmo filosófico de Lao-tzu. Centrado na essência da vida e do caminho, este livro apresenta ensinamentos profundos e aparentemente complexos com uma simplicidade notável. À medida que lemos esta obra milenar verificamos que os problemas que enfrentamos nos dias de hoje e as soluções para eles são os mesmos de há milhares de anos atrás. Lao-tzu ensinou:

“Os reis magnânimos enriquecem seus povos, os reis despóticos enriquecem suas terras, e as nações em perigo enriquecem seus burocratas. As nações organizadas parecem passar necessidades, as nações perdidas têm os seus reservatórios vazios. Por isso se diz: ‘Quando os governantes não os exploram, os povos naturalmente enriquecem; quando os governantes não os manipulam, os povos naturalmente se tornam civilizados’.” [1]

E ainda:

“…A base do governo ativo está em dar segurança às pessoas. A base do fato de dar segurança às pessoas está em atender as suas necessidades. A base do fato de atender suas necessidades está em não tirar o tempo delas. A base do fato de não tirar o tempo das pessoas está em minimizar os projetos. A base do fato de minimizar os projetos está em moderar no consumo. A base do fato de moderar o consumo está em deixar de lado as extravagâncias. A base do fato de deixar de lado as extravagâncias está no vazio.” [2]

Esta é uma obra muito útil para aqueles que procuram dar um rumo luminoso à vida humana. Os indivíduos não estão separados uns dos outros nem do meio em que vivem. O “Wen-tzu” desperta o leitor para a teia da vida e ajuda-o a tecer com simplicidade e sabedoria.

Joana Maria Pinho
Raja Yoga Books

NOTAS:

[1] Da obra “Wen-tzu, a Compreensão dos Mistérios”, Ensinamentos de Lao-tzu. Tradução do chinês, Thomas Cleary. Tradução do inglês, Carlos Cardoso Aveline. Brasília, Editora Teosófica, 2002, 198 pp., pp. 124-125.

[2] “Wen-tzu, a Compreensão dos Mistérios”, Ensinamentos de Lao-tzu. Tradução do chinês, Thomas Cleary. Tradução do inglês, Carlos Cardoso Aveline. Obra citada, p. 144.

000
000

Para comprar esta obra no Brasil, escreva para: bhlivros@gmail.com .
_
000